Usando abas na linha de comando do Windows

Olá pessoal.

Uma dica bem prática para quem utiliza a linha de comando no Windows. Uma coisa que é bastante usual em Linux/Mac é a questão das abas na linha de comando. Isso agiliza o trabalho horrores!

Eu instalei o git no Windows da seguinte forma:

Com o git bash intalado em sua máquina, vamos agora fazer o download do programa Console2 (http://sourceforge.net/projects/console/) e inserí-lo na pasta que contém os outros arquivos de programas

Diretório do Console2 instalado na máquina

Diretório do Console2 instalado na máquina

Agora vamos executar o console2 e vamos em Edit > Settings para fazermos a nossa configuração inicial para unirmos o git bash ao console2.

Console2  configuração inicial

Console2 configuração inicial

Ao clicar na opção vai abrir um popup. No canto direito vamos clicar na opção “Tabs” e vamos inserir as informações:

Title: Git Bash
Icon: C:\Program Files (x86)\Git\etc\git.ico
Shell: “C:\Program Files (x86)\Git\bin\sh.exe” –login -i

Configurando o Git Bash no Console2

Configurando o Git Bash no Console2

Agora vamos clicar na opção “Hotkeys” no canto direito para modificarmos o atalho para a criação de uma nova aba. Clique na opção “New Tab 1” e abaixo insira as informações:

Command: New Tab 1
Hotkey: Ctrl + T (Clique nos Botões para inserir este valor no campo)

Modificando atalhos no Console2

Modificando atalhos no Console2

Clique no botão “Assign” para salvar o atalho para a criação de uma nova aba.

Vamos na opção “Behavior” para mudarmos o caracter de cópia de nova linha para Linux

Configurações do Console2

Configurações do Console2

Agora para modificarmos um pouco a sua aparência vamos na opção “Appearance” e vamos mudar os valores

Font
Name: Lucida Console (a fonte utilizada no Git Bash);
Size: 12

Modificando a fonte do Console2

Modificando a fonte do Console2

Clicamos em “Appearance > More…” para finalizarmos com as nossas modificações

Window transparency
Alpha: 20

Configurando transparência no Console2

Configurando transparência no Console2

Para finalizarmos vamos na opção “Console” e vamos direcionar o programa para que inicie na raíz da pasta do usuário

Startur dir: C:\Users\pasta-com-seu-usuario\ (no meu caso “willmendesneto”)

Configurando inicialização do Gitbash no Console2

Configurando inicialização do Gitbash no Console2

Com o programa configurado, cria um atalho no seu Desktop e modifique as propriedades do atalho clicando com o botão direito no atalho criado e escolhendo a opção “Propriedades”. Assim que o popup abrir clique na opção “Atalho > Alterar ícone > Procurar” e insira esta informação para que o Console2 fique com o ícone do Git Bash.

%ProgramFiles% (x86)\Git\etc\git.ico

 

Modificando ícone de atalho

Modificando ícone de atalho

O resultado final será seu programa funcionando com tudo que você tem direito (na medida do possível) em um ambiente Windows, lembrando que o Git bash instala algumas coisas bem legais como Vim, comandos “find” e outras coisas que ajudam bastante.

Finalizando integração Git Bash e Console2

Finalizando integração Git Bash e Console2

Obrigado e até mais!

Este post foi baseado em algumas dicas que achei no post “git bash & console2, finally! (http://johngilliland.wordpress.com/2012/12/22/git-bash-console2-finally/)” do blog de “John Gilliland” com algumas alterações.

Anúncios

Configurando o plugin PHPDocumentor do Sublime text 2 em ambiente Windows

Olá pessoal

Uma dica simples para configurar o PHPDocumentor no Sublime Text 2:

1. Instalando o PHPDocumentor

– Baixe o projeto via PYRUS/PEAR

PYRUS

php pyrus.phar install pear/PhpDocumentor

PEAR

pear install phpdoc/phpDocumentor-alpha

– Baixe o projeto via git

git clone https://raw.github.com/phpDocumentor/phpDocumentor2/develop/installer.php

– Baixe o projeto via composer

No arquivo composer.json insira

"require": "phpdocumentor/phpdocumentor": "dev-develop"

2. Acesse o arquivo install.php

php installer.php

3. Vá no Sublime Text 2 > Preferences > Packages Settings >phpDocumentor > Settings - User e insira o código

"executable_path": "php pasta-onde-está-o-php-documentor\bin\\phpdoc.php"

4. Faça o teste! Com o plugin “SideBarEnhancements” instalado, clique na pasta do projeto no sublime text com o botão direito  e escolha a opção phpDocumentor > Generate Documentation e pronto! Código de documentação gerada!

Espero ter ajudado.

Mini-curso: sublime text + git + github

Olá pessoal.

Em uma iniciativa com um grupo de amigos montamos um grupo de estudos onde todos que participam trocarão conhecimentos. A coisa está fluindo divinamente com vários outros conteúdos como web semântica, ferramentas para gerenciamento de projetos, dentre outros.

Nesta sexta-feira tive a satisfação de ministrar um mini-curso sobre o editor sublime text + git + github, demonstrando a instalação do sublime text com a instalação do plugin de gerenciamento de pacotes, atalhos importantes do editor, criação de snippets e um setup inicial de trabalho com alguns plugins já instalados, mostrando as facilidades que cada um proporciona para o desenvolvimento e como instalálos diretamente via github e pelo plugin de gerenciador de pacotes.

Falei também sobre o conceito de versionamento distribuído do git e sua integração com o github, criando a chave ssh  e cadastrando no perfil do github a chave gerada, disponibilizando um repositório para um projeto fictício e enviando alguns arquivos para o github, dentre outras coisas.

Segue o slide da apresentação.

Obrigado pessoal e até mais!

Git + Github : Versionamento nunca foi tão simples!

Olá.

Tive algumas dificuldades em alguns projetos no quesito versionamento: Ou o sistema de versionamento não atendia as espectativas do grupo de desenvolvimento, ou o versionamento ocorria de forma precária, ou ele nem mesmo existia.

Pesquisando outras formas de versionamento que encontrei o GIT, uma ferramenta de versionamento de forma distribuída interessante, apesar do trocadilho com o nome (“git” em inglês britânico é uma gíria referente à “estúpido”) grandes projetos estão utilizando esta ferramenta. Juntamente com o Github, que foi criado com o objetivo de atender o versionamento dos projetos que usam o controle de versionamento do GIT, acabou tornando-se uma importante ferramenta de ajuda colaborativa.

Mas agora nos perguntamos: “Mas como é que isto funciona”? Pois bem, vamos pôr a mão na massa agora:

Primeiro vamos no site do git http://git-scm.com/download e fazemos o download do software (faça visando o seu sistema operacional.). No meu caso fiz o download do software para o Windows:

Site do projeto GIT

Site do projeto GIT

Com o download feito iremos instalar o git no computador. Utilizaremos a instalação padrão dele. Existe um roteiro inicial para a instalação disponível no link: http://help.github.com/win-set-up-git/

Este link passa o conteúdo de forma mastigada, então não entrarei em detalhes sobre este procedimento.

Agora em sua conta no github você vai criar um diretório com o nome de sua escolha ( EX: “diretorio-teste” ). Será nele que enviaremos o conteúdo do nosso projeto.

Criando diretório

Vamos abrir o GIT e vamos digitar os comandos:

cd “C:\Users\O-seu-usuario-no-computador\Desktop”

mkdir “diretorio-teste”

cd “diretorio-teste”

git init

O comando mkdir foi utilizado para criarmos a pasta com o nome “diretorio-teste” e o comando git init foi usado para iniciarmos o repositório GIT. Pronto! Iniciamos o nosso projeto. A partir daqui iremos fazer todas as modificações necessárias.

Basta clicar com o botão direito do mouse dentro da pasta e aparecerá a opção “Git Init Here” (usuários Windows)

Iniciando versionamento com 'Git init Here'

Iniciando versionamento com ‘Git init Here’

Após isto você pode clicar clicar com o botão direito na opção ‘git gui’, que mostrará a visualização das alterações feitas no seu projeto.

Inicializando o Git GUI

Inicializando o Git GUI

Segue um vídeo que encontrei no youtube feito pelo ‘vedovelli‘ com o título ‘ Instalação do GIT no Windows 7 e primeiros passos no GitHub ‘

Agora segue um link em português que explica algumas operações básicas sobre o GIT:

http://rogerdudler.github.com/git-guide/index.pt_BR.html

Valeu galera e até mais!